Drift – Initial D

Apaixonados por carros! Posso dizer que os japoneses são tão apaixonados por carros quanto nós brasileiros. Um bom exemplo dessa paixão é o mangá Initial D, criado em 1995 por Shuichi Shigeno e publicado na Young Magazine da editora Kodansha.

O mangá tem como personagem principal Fujiwara Takumi, filho de um proprietário de uma loja de tofu , e que realiza entregas durante a madrugada dentro de um Toyota Corolla Sprinter Trueno GT-APEX(AE-86) para restaurantes localizados do outro lado da montanha Akina. Como ainda é estudante e precisa acordar cedo para ir à aula, Takumi tenta fazer o trajeto da Montanha Akina no menor tempo possível, pois desse modo, ele consegue dormir algumas horinhas a mais antes de ir para a aula.

Durante uma de suas entregas, Takumi se depara com Takahashi Keisuke, integrante do Red Suns, grupo que disputa rachas em estradas de montanhas visando se tornarem os mais rápidos do Japão. Keisuke estava reconhecendo o trajeto para futuras disputas, e acaba percebendo que alguém está conseguindo acompanhar o seu potente Mazda RX-7. Após alguns minutos, Keisuke não consegue segurar o veloz carro e acaba permitindo a ultrapassagem do Toyota AE-86. Indignado por ser ultrapassado por um carro considerado inferior ao seu RX-7, Keisuke tenta dar tudo de si para acompanhar o AE-86, porém perde o controle de seu carro e gira na pista.

Indignado por ter sido ultrapassado tão facilmente, Keisuke não descansa até descobrir quem estava pilotando o AE-86 para poder desafiá-lo para uma corrida. Ao encontrar o AE-86, Keisuke desafia Takumi para uma disputa, porém este não gosta de correr e confessa que apenas dirige para fazer as entregas porque é obrigado pelo pai. Este acaba ounvido a conversa, e incentiva a participação de Takumi prometendo lhe emprestar o carro com o tanque cheio durante o final de semana para que ele saia com sua namorada caso ganhasse a disputa. Durante a corrida, um novo sentimento desperta em Takumi, e a cada desafio de novos competidores, o gosto pela velocidade aumenta cada vez mais.

O mangá fez um grande sucesso no Japão, e acabou ganhando uma série de anime e dois especiais ( 1st Stage, 2nd Stage, 3rd Stage, Battle Stage,  Extra Stage e 4th Stage). Além de um filme produzido por um estúdio chinês e uma enorme quantidade de jogos de video games. O sucesso de Takumi e seu AE-86 foi tão grande no Japão, que a montadora Toyota cogitou a voltar a produção e a venda do modelo Toyota Corolla Sprinter Trueno GT-APEX(AE-86).Além de transformar o antigo AE-86 em item de colecionador e até hoje é considerado um dos melhores carros para se fazer drifts.

A trilha sonora do anime é composta de eurobeats que se encaixam perfeitamente a cada corrida do anime. E devido ao seu sucesso, Initial D ajudou a divulgar este estilo musical no Japão, assim como ocasionar a ascensão da banda J-pop M.O.V.E., responsáveis pelas musicas tocadas nas aberturas do anime.

Na minha opinião, no início da série considero o traço do anime horrível, mas assim como toda série, conforme o anime avança os desenhos vão melhorando e se tornam cada vez mais agradáveis. Você pode conferir esta evolução nas aberturas da primeira e da quarta temporada no final deste post. Porém não deixe se levar pelos traços esquisitos dos personagens, pois a trama do desenho te prende a cada episódio, e a cada corrida o autor traz comentários interessantes e bem técnicos sobre carros, que agradam os mais experientes no automobilsmo, porém são feitos de tal forma que até os mais desinformados acabam se interessando pelo assunto.

No Brasil, Initial D foi exibido pelo canal por assinatura Animax, e até hoje é um dos meus animes prediletos. O filme você pode encontrar nas locadoras com o esquisito nome de “Racha – Velocidade sem limites”

Initial D – Abertura 1st Stage – Around the world
http://www.youtube.com/watch?v=W2JJLJms9no
Initial D – Abertura 4th Stage – Dogfight
http://www.youtube.com/watch?v=zrcjqOWOYXY&feature=related

abraços =)


Você também vai gostar de ver:

Leave a Reply

Pesquisar
Categorias
UserOnline
Parceiros