Posts Tagged ‘tragédia’

O Vôo (2012)

ovoo
emcartaz2Excelente drama estrelado por Denzel Washington (Um Ato de Coragem, O Sequestro do Metrô 123), O Vôo conta a história do comandante Whip, alcoólatra e viciado em drogas responsável por salvar quase todas as pessoas a bordo em um acidente aéreo de grandes proporções.

A palavra “quase” é o inferno de Whip durante todo o filme. Como 6 pessoas morreram, ele terá que provar que não estava chapado enquanto pilotava o avião, mesmo tendo bebido e cheirado “todas” desde a noite anterior.

Não entendo nada de aeronáutica, mas a cena em que ele faz com que o avião vire de ponta-cabeça para estabilizar e não cair é espetacular. A forma como a cena é dirigida, mostrando sempre o desespero dos passageiros e toda a extrema turbulência, te coloca dentro da ação.

Cheguei a cogitar como deslocada a interpretação muito calma de Washington durante a tensão da queda, até lembrar que ele estava de ressaca. Detalhe perfeito, afinal quem quer se estressar por “qualquer coisa” com a cabeça latejando e a boca seca? Avião caindo? “Não há de ser nada, inverta essa lata velha.”

Após o acidente, o filme vira um drama mais clássico, baseado na luta do protagonista em largar seu vício. Whip conhece Nicole Maggen, viciada em heroína em reabilitação, com quem acaba desenvolvendo uma relação conturbada.

O filme escancara mesmo todos os problemas relacionados ao alcoolismo, nos levando a crer que não há saída para o protagonista. Os vários anti-clímax a cada nova tentativa frustrada de vencer o vício minam gradativamente a “auto-estima” do próprio espectador.

Isso não é ruim. Em um filme como esse, a tacada de mestre do diretor Robert Zemeckis é exatamente essa. Você começa a entender perfeitamente a desgraça em que Whip está imerso.

Destaque para John Goodman (o Fred de Os Flinstones) interpretando um traficante espirituoso que parece ter vindo direto de um dos filmes de Se Beber Não Case.

O Voô foi indicado ao Oscar 2013 nas categorias Melhor Ator (Denzel Washington) e Melhor Roteiro Original (John Gatins), sem vencer nenhum dos dois prêmios.

Não sei se é um filme digno de Oscar, mas misturar fortes cenas de ação com um drama intenso funcionou muito bem aqui. Aliás, muito melhor do que misturar “álcool” e “manche”.

 

TRAILER

 http://www.youtube.com/watch?v=LdpzTsqRSPw

 

 

Pesquisar
Categorias
UserOnline
Parceiros